Atividade física, exercício físico ou esporte. Você sabe a diferença? Artigos, Qualidade de Vida, Saúde

atividade-fisica-esporte

Um dos grandes males da atualidade é o sedentarismo, o qual é definido pela falta ou uma grande diminuição de atividades físicas e onde o gasto calórico semanal está abaixo de 2200 calorias.

O sedentarismo está diretamente relacionado ao conforto da vida moderna e, mais diretamente ao uso da tecnologia, como controle remoto, escadas rolantes, serviços “disk qualquer coisa”, serviços de manobristas, etc., ou seja, diminui-se o gasto energético através da lei do menor esforço.

Como o sedentarismo reduz a atividade muscular, existe um processo normal de atrofia das fibras musculares e uma menor flexibilidade das articulações. Além disso, também é comprovado o fato que o sedentarismo aumenta a incidência de várias doenças como: hipertensão arterial, diabetes, aumento do colesterol, obesidade, infarto do miocárdio, aumento da ansiedade e é, também, o principal fator de risco para a morte súbita.

Para deixar de ser sedentário e melhorar sua saúde e sua qualidade de vida, você precisa aumentar seu gasto calórico. E isto pode ser feito através de uma atividade física, exercício ou esporte.

Você sabe a diferença entre eles?

Atividade física é entendida como todo movimento muscular e onde o gasto de energia está acima dos níveis de repouso.

Exemplo: eu o (a) convido para caminhar no parque do Ibirapuera e dar duas voltas em torno do lago.

Varrer a casa, lavar o carro, dançar, passear com o cachorro, pedalar, fazer ginástica, nadar, subir e desces escadas, são consideradas atividades físicas.

O exercício físico já é uma atividade planejada, programada e estruturada e que envolve intensidade, frequência e duração com o objetivo de melhoria tanto da aptidão física como da saúde em geral.

Exemplo: eu o (a) convido para irmos ao parque do Ibirapuera e dar duas voltas em torno do lago no tempo de 40 minutos.

Já o esporte envolve desempenho e competição. Além de possuir regras específicas ditadas por uma confederação.

Exemplo: eu o (a) convido para irmos ao parque do Ibirapuera e dar duas voltas em torno do lago. Quem chegar primeiro, ganha o almoço.

Não importa qual dos tipos descritos acima você pratica ou vai praticar. O importante é a prática regular por um período mínimo de 30 minutos por dia, de forma contínua ou acumulada (exemplo: três períodos de 10 minutos) para usufruir de benefícios como: não morrer de forma prematura, não morrer de infarto, diminuir o risco de desenvolver diabetes, reduzir o risco de desenvolver pressão alta, manter ossos, músculos e articulações saudáveis, promover o bem-estar psicológico e diminuir a ansiedade e a depressão.

Sem dúvida, você poderá viver muito melhor usando os seus músculos e gastando energia dedicando apenas 30 minutos diários para fazer uma atividade física ou praticando exercícios físicos ou, ainda, ser um atleta, profissional ou não, pela prática de algum esporte.

Pense mais seriamente sobre isso se você for um (a) adepto (a) do sedentarismo.

Luiz Roberto Fava

Autor: Autor: Luiz Roberto Fava

Especialista em Endodontia, palestrante de Qualidade de Vida Integral.

Atividade física, exercício físico ou esporte. Você sabe a diferença?
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Deixe um Comentário