O que faz você Brilhar? Artigos, Crescimento Pessoal

O QUE FAZ VOCÊ BRILHAR?

– Ele tem o brilho no olhar.

– Quando trabalha, sua face fica radiante.

– Ela é uma pessoa iluminada.

Com certeza, você já falou ou ouviu estas frases. E todas elas tem algo em comum. Direta ou indiretamente, elas se relacionam com a luz. Mas não a luz comum, a radiação eletromagnética, e sim a outro tipo de luz.

Estou me referindo àquela Luz Interior que muitos chamam de Cristo Interior, partícula divina, Eu Superior, espírito ou alma, não importa o nome. Aquela que representa nossa fonte de inspiração e que pode ser traduzida por outras palavras como entusiasmo, alegria, coragem, etc.

Considere a seguinte situação, a qual já pode ter acontecido com você. Como você se sente ao atingir uma meta, qualquer que seja ela? Você se sente um vencedor, um vitorioso, você enche o peito de orgulho e exclama: Yes. Consegui!!. Neste momento você se sente de maneira única. Se, neste estado, você se olha no espelho, ou alguém lhe vê, certamente perceberá o “brilho” no olhar e a face radiante. Neste momento você é uma pessoa iluminada.

Existe até um conto onde um discípulo foi fazer uma visita ao seu mestre, que morava muito distante.

Durante a visita, o tempo mudou, o céu escureceu e a chuva caiu.

Quando o discípulo se despediu do mestre já era noite. Ele então lhe deu uma lamparina para que iluminasse o caminho de volta. Mas, quando estavam à porta, o mestre aproximou-se e, num sopro, apagou a lamparina. O discípulo ficou muito surpreso com o gesta e o mestre lhe disse:

– Seja uma luz em você mesmo!

Todos carregamos dentro de nós esta Luz.

Pessoas iluminadas são pessoas otimistas, confiantes, corajosas, determinadas, humildes, criativas, organizadas, generosas, desapegadas, intuitivas, criativas e possuidoras de muitas outras qualidades.

Pessoas iluminadas, além de ter plena consciência das oito dimensões que todo ser humano possui, estão sempre buscando o equilíbrio entre elas. Estas oito dimensões são: física, emocional, intelectual, profissional, financeira, recreativa, relacionamentos e espiritual.

Tais pessoas não se deixam consumir por uma ou duas delas em detrimento das outras. E quando atingem este equilíbrio, podem se considerar felizes em sua plenitude.

E já que estamos falando em luz, lembrei-me das aulas de física, especialmente as de ótica, quando estudei o prisma, nos meus tempos de curso científico, hoje chamado médio, no colégio Rio Branco (SP).

O prisma ótico é um meio transparente com superfícies planas, lisas e polidas com a forma tridimensional de uma pirâmide, ou bidimensional de um triângulo eqüilátero ou cunha.

Quando um raio de luz branca atinge sua superfície, este é decomposto nas diferentes cores do espectro: vermelho, laranja, amarela, verde, azul, anil e violeta, conforme pode ser visto na figura abaixo.

De modo análogo, podemos imaginar que nosso corpo físico pode ser um “prisma”, onde a dimensão esipritual (nossa Luz Interior) se decompõe nas outras sete dimensões.

Para mais, cada uma das oito cores do espectro podem ter vários significados, como abaixo descrito:

branco: paz, sinceridade, pureza, verdade, amor caridade, calma, inocência,      divindade, estabilidade absoluta, harmonia.

vermelho: elegância, paixão, conquista, requinte, liderança, força de vontade, energia, poder, entusiasmo, ação.

laranja: movimento, espontaneidade, tolerância, gentileza, coragem, sociabilidade, vontade, ambição, regojizo, prazer, vitalidade, alegria.

amarelo: leveza, descontração, otimismo, criatividade, sabedoria, intelectualidade, prosperidade, alegria, inteligência, concentração.

verde: esperança, perseverança, calma, relaxamenteo, vigor, juventude, equilíbrio, crescimento, sensibilidade, compaixão, confiança, resistência, renovação, simpatia.

azul: segurança, compreensão, calma, clareza mental, saúde emocional, tranquilidade, amor, honestidade, paz, sensibilidade, lealdade, fidelidade, confiança, harmonia, afeto, amizade, amor, comunicação, sabedoria, inspiração, compaixão, segurança, limpeza, ordem, empatia, afetividade, amizade, paciência, austeridade.

anil: disciplina, ativador da intuição, fortalecimento.

violeta: sinceridade, dignidade, prosperidade, respeito, intuição, discernimento, autocontrole, espiritualidade.

Ao analisarmos todos estes significados, podemos perceber que eles podem ser considerados como o conjunto de nossas qualidades das oito dimensões humanas, nossos pontos fortes, ou seja, tudo aquilo que devemos carregar dentro de nós e que vai nos destacar e nos diferenciar como Seres Humanos integrais, únicos e indivisíveis. Em suma, um Indivíduo!

Se a luz branca tem a capacidade de se dividir nas oito cores do espectro ao passar por um prisma, é a nossa Luz Interior que vai se dividir nas nossas outras sete dimensões ao “passar” pelo nosso complexo mente-corpo.

Quanto mais tivermos consciência deste fato, maior será nosso autoconhecimento pois teremos o discernimento necessário para avaliar quais são nossos pontos fortes e quais anda necessitam ser melhorados. E à medida que vamos aumentando nosso autoconhecimento e nos melhorando como Seres Humanos, mais aumentamos nosso autoconsciência para sermos cada vez melhores.

Se percorrermos o caminho inverso, as sete cores certamente voltarão a se compor e voltar a ser a luz branca. De modo análogo, se tomarmos as sete dimensões do Ser Humano, certamente elas se concentrarão na dimensão espiritual, nossa Luz Interior.

E é essa Luz que faz você, eu, todos nós, termos o brilho no olhar, termos faces radiantes e sermos iluminados.

Luiz Roberto Fava

Autor: Autor: Luiz Roberto Fava

Especialista em Endodontia, palestrante de Qualidade de Vida Integral.

O que faz você Brilhar?
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Últimos Comentários

  1. Madu Hopf

    Beto, querido primo, concordo em genero e número com você:nossa luz interior e a importância de a amntermos ou de olharmos para ela… Talvez alguns ainda vejam “fraquinha” mas tenham fé reflitam, olhem para dentro de si mesmo , sem medo.. claro que algumas coisa que você vai enxergar, você não vai gostar.. mas sempre é tempo para mudanças.. até que a plenitude seja alcançada!
    Abraço

    Madu

Deixe um Comentário