C.R.E.P.T. – R de Respeito Comunicação, Crescimento Pessoal

Respeito com as PessoasA palavra respeito tem origem no latim respectu, que significa reverência, veneração, acatamento, consideração, ou seja, um sentimento de estima que pode ser por uma pessoa, uma equipe, um grupo ou uma nação.

Já o verbo correspondente, respeitar, também tem origem no latim respectare, que significa olhar muitas vezes para trás, ou seja, desenvolver um sentimento de consideração às pessoas que são dignas de nossa consideração e acatamento, como as pessoas mais velhas, nossos pais, nossos avós, etc.

O respeito é considerado um valor tanto pessoal como coletivo.

Do ponto de vista pessoal, respeitar-se a si mesmo é ter consciência de seu próprio valor: é a maneira como você se cuida e se apresenta às outras pessoas.

Veja o seguinte exemplo. Certa vez, uma gerente estava apresentando seu plano de ação para sua equipe e percebeu que um dos seus colegas não tirava os olhos de seu notebook.

Ela fez uma pausa, virou-se para ele e disse:

– Parece que minha apresentação não é nada importante para você, embora seu trabalho seja muito importante para a equipe.

Ele entendeu a mensagem, fechou o notebook e começou a escutá-la com atenção e respeito.

Esta pequena estória, embora possa parecer real, traduz de forma clara que se você não se respeita e não for digno de si mesmo, dificilmente as pessoas irão lhe respeitar. Mas quando você se respeita e se dá o respeito, os outros também lhe respeitarão.

Do ponto de vista coletivo, o respeito é entender que cada ser humano é único e que assim deve ser considerado, aceitando todas as diferenças, sejam elas de raça, religião, sexo, condição social, tipo de atividade, etc.

Cada um de nós possui uma série de crenças, valores e princípios que são individuais e que cada uma de nossas próprias decisões são neles baseadas. Respeitar estas escolhas sem imediatismos, julgamentos ou preconceitos é uma das atitudes mais desejáveis para que possamos saber lidar com a natureza humana.

E isto não implica em concordância absoluta com as diferentes escolhas pessoais. Nunca, nunca pense como pessoas que afirmam:

– Quem não concorda comigo é meu inimigo.

Respeito também é um conceito amplo que vai além das definições encontradas nos dicionários.

Por isso:

– respeito é entender as pessoas na sua profundidade, ouvi-las com empatia, fazer perguntas e compreendê-las.

Permitir-se compreender as pessoas só enriquece o apreço por elas. Covey afirma que “a busca da compreensão dos outros exige consideração; a busca para sermos entendidos exige coragem; a eficácia está em equilibrar ou combinar as duas coisas”.

– o ditado “dê-se o respeito para ser respeitado” pode parecer lição ou código de conduta moral. Mas o que se vê, muitas vezes, é um distanciamento entre o preconizar e o agir. Se você tem um comportamento respeitos com você mesmo e com os outros, então não há nada a temer.

– como a prática do respeito envolve a compreensão plena das pessoas, isto conduz a uma ampla abertura mental para o aprendizado e o conhecimento que o outro pode oferecer. Quem pratica o respeito está sempre aberto para oferecer e receber o novo e para de achar que sua maneira de pensar é a única que existe.

– o respeito deve ser praticado a toda hora e em qualquer lugar, com os familiares, amigos, colegas de trabalho, desconhecidos, etc. E pode ser manifestado através de pequenas palavras como um elogio, um reconhecimento, um simples “bom dia” ou “obrigado” ou, ainda, por um simples e sincero olhar.

– respeito implica preocupar-se e cooperar com os outros, sem usá-lo como moeda de troca ou de favores. É algo que vem de dentro da pessoa, de sua alma, de seu âmago, por isso é um bem que não se compra.

– respeito é conviver em harmonia com seu próximo; é saber controlar suas emoções, seus sentimentos, é ser assertivo e, quando solicitado, emitir suas opiniões ou dar conselhos.

– respeito é ter consciência do seu próprio espaço e do espaço dos outros.

– respeito significa possuir fortes vínculos com as pessoas: em relacionamentos saudáveis somente energias positivas são priorizadas, o que contribui para uma melhor saúde física e mental.

– respeito gera sinergia entre as pessoas, o que significa valorizar as diferenças, investir em seus pontos fortes e compensar suas fraquezas.

Em um ambiente respeitoso, as pessoas são mais reconhecidas, o que se traduz por um aumento do sentimento de felicidade. E quando se está feliz…

Volto a repetir; se você se respeita e respeita o seu próximo, certamente eles também o respeitarão.

Para isso, Levine sugere:

  • seja pontual;
  • não interrompa;
  • não desperdice o tempo alheio;
  • não leia e-mails nem atenda ligações enquanto a pessoa estiver falando co você;
  • olhe as pessoas nos olhos;
  • reconheça as pessoas ao vê-las;
  • esteja pronto (a) na hora solicitada.

Embora a tecnologia tenha diminuído o contato presencial entre as pessoas, isto não significa que o respeito deva ser minimizado.

Podemos, sim, praticar o respeito ao responder um e-mail, participar de uma vídeo-conferência ou de um curso ministrado à distãncia. Talvez o uso da tecnologia esteja sendo uma potente ferramenta para aumentarmos nosso conceito de respeito ao próximo.

Aquele que pratica o respeito sempre age de acordo com seus princípios e valores, dando exemplos e deixando um legado.

Respeito é um valor que faz com que o outro seja sempre tratado com a a tenção e a consideração que ele merece.

Luiz Roberto Fava

Autor: Autor: Luiz Roberto Fava

Especialista em Endodontia, palestrante de Qualidade de Vida Integral.

C.R.E.P.T. – R de Respeito
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Últimos Comentários

  1. Jason Bernardo

    Penso da mesma forma e se cada uma pessoa copiasse tal pensamento não tenha dúvidas que a vida seria menos sofrida.

  2. RSL

    Realmente, respeito entre os seres humanos é fundamental na arte de conviver, porém, o que fazer quando por mais que nos esforcemos em sermos assertivos,tem aquela pessoa que parece estar sempre empenhada em espalhar energia negativa em torno de todos,contaminando o ambiente? Com o tempo, isso acaba levando muitas pessoas ao desânimo, desinteresse às vezes, porque parece ser mais fácil deixar o barco a deriva do que remar contra a maré.E no ambiente profissional é muito difícil devido ao fato de que algumas pessoas simplesmente não aceitam considerar outras alternativas, ou seja, “eu sei, eu falo mesmo, cumpro meu horário e não faço nada além” e atitudes como essas acabam sobrecarregando outras pessoas que se tornam “burros de carga” porque sempre sobram para elas ‘ajudar’, mas, essas, pessoas também precisam viver e possuem sentimentos, necessidades tanto quantos as outras pessoas.

  3. Luiz Roberto Fava

    Rose,
    Seu comentário é o reflexo daquilo que ainda eziste nas organizações, infelizmente.
    Toda mudança exige tempo, paciência e perseverança, independentemente do ambiente ou da própria pessoa.
    As cinco letras (C.R.E.P.T.) representam valores e, como todo e qualquer valor, pode ser mudado. E para melhor.
    Agora, pense bem: no seu caso, o não mudar é ruim´para você ou para a companhia? Quem, na realidade está parada e “queimando o filme”?
    Pode ter certeza que corporações com este perfil ficarão sem colaboradores.
    A globalização está fazendo com que todas as relações (entre pessoas, entre empresas) mudem com o correr do tempo.
    Para que todos saiam ganhando.
    Já ouviu falar em filosofia ganha-ganha? Acredito que este poderá ser o futuro. Ambientes onde todos ganham e são respeitados.
    Abraços,
    Luiz Roberto Fava

  4. Priscilla Vitoria Veloso

    Caro Sr. Fava,
    Se grande parte das pessoas buscassem um pensamento e entendimento como esse, com certeza estaríamos em tempos melhores. Espero e creio que esses tempo ainda virão, talvez depois de grande sofrimento, mas com gritos gloriosos de vitória. S enão nascemos para respeitar, não nascemos para mais nada.
    P.S.: Suas palavras me ajudarão muito em uma palestra que irei ministrar hoje,na cidade de São Gotardo. Peço a permissão de citá-lo como referência.
    Grata,
    Priscilla Veloso

  5. Luiz Roberto Fava

    Priscilla,
    Grato por suas palavras e participação.
    Toda mudança leva tempo, mas concordo que tempos melhores virão.
    E desejo que sua palestra atinja seus objetivos.
    Sucesso!
    Fava

Deixe um Comentário